Perguntas e respostas

BIENAL

1) Informações Gerais

  • Horário de Funcionamento: 7h30 às 12h30
  • Telefones para contato: (61) 9 9276 8806
  • E-mail: bienalpomed@gmail.com

2) Qual o objetivo da BIENAL? 

Proporcionar a todos os bombeiros militares da ativa uma assistência integral à saúde com enfoque na prevenção de doenças, qualidade de vida e gerenciamento de doenças crônicas

3) Quais exames devo apresentar na consulta da BIENAL? 

Os exames são diferenciados pela idade, sexo e por critério médico

Os exames são diferenciados pela idade, sexo e por critério médico

Os exames são diferenciados pela idade, sexo e por critério médico

  •  Menos de 40 anos: 

Ambos os sexos:

Hemograma, Glicemia, Uréia, Creatinina, TGO, TGP, GGT, Perfil lipídico, Ácido úrico, TSH, HbsAg, Anti-Hbs, Anti-HCV, Anticorpo antitreponêmico e HIV (com a concordância do militar)

  •  Entre 40 e 44 anos:

Homens: Hemograma, Glicemia, Uréia, Creatinina, TGO, TGP, GGT, Perfil lipídico, Ácido úrico, TSH, HbsAg, Anti-Hbs, Anti-HCV, Anticorpo antitreponêmico, PSA Total e Livre e HIV (com a concordância do militar)

Mulheres: Hemograma, Glicemia, Uréia, Creatinina, TGO, TGP, GGT, Perfil lipídico, Ácido úrico, TSH, HbsAg, Anti-Hbs, Anti-HCV, Anticorpo antitreponêmico e HIV (com a concordância do militar) e Mamografia Bilateral

  • Entre 45 e 50 anos:

Homens: Hemograma, Glicemia, Uréia, Creatinina, TGO, TGP, GGT, Perfil lipídico, Ácido úrico, TSH, HbsAg, Anti-Hbs, Anti-HCV, Anticorpo antitreponêmico, PSA Total e Livre e HIV (com a concordância do militar) e Teste ergométrico (Solicitado somente a critério médico durante o período de Pandemia)

MulheresHemograma, Glicemia, Uréia, Creatinina, TGO, TGP, GGT, Perfil lipídico, Ácido úrico, TSH, HbsAg, Anti-Hbs, Anti-HCV, Anticorpo antitreponêmico e HIV (com a concordância do militar), Mamografia Bilateral, bem como Colpocitologia oncótica e Teste ergométrico. (Solicitados somente a critério médico durante o período de Pandemia)

  • Acima de 50 anos:

Homens: Hemograma, Glicemia, Uréia, Creatinina, TGO, TGP, GGT, Perfil lipídico, Ácido úrico, TSH, HbsAg, Anti-Hbs, Anti-HCV, Anticorpo antitreponêmico, PSA Total e Livre, Pesquisa de sangue oculto nas fezes e HIV (com a concordância do militar) e Teste ergométrico (Solicitado somente a critério médico durante o período de Pandemia)

Mulheres: Hemograma, Glicemia, Uréia, Creatinina, TGO, TGP, GGT, Perfil lipídico, Ácido úrico, TSH, HbsAg, Anti-Hbs, Anti-HCV, Anticorpo antitreponêmico, Pesquisa de sangue oculto nas fezes e HIV (com a concordância do militar), Mamografia Bilateral, bem como Colpocitologia oncótica e Teste ergométrico. (Solicitados somente a critério médico durante o período de Pandemia)

Obs: O cartão de vacinas atualizado é pré-requisito indispensável para Aptidão na BIENAL.

As vacinas necessárias são: Febre Amarela (dose única), Antitetânica e Hepatite B.

4) Quando será minha BIENAL?

Os militares da ativa serão convocados a cada 02 (dois) anos, geralmente no mês de seus aniversários e seguindo o critério de letra inicial do nome, conforme segue:

Anos ímpares – Militares com as iniciais de A a J

Anos pares – Militares com as iniciais de K a Z

5) Como entro em contato coma Seção de BIENAL?

A Seção de BIENAL dispõe de uma canal de comunicação por meio de mensagens do WhatsApp, o TeleBienal: (61) 9 9276 8806.

Por este canal, nós tentamos sanar dúvidas, diminuir o número de faltas, remarcar em caso de afastamentos legais e facilitar o engajamento entre a BIENAL e o Bombeiro Militar.

6) Perdi minha BIENAL, o que devo fazer para remarcar?

A Seção de BIENAL tenta publicar a Convocação com tempo hábil para possíveis modificações e/ou desmarcações por motivos diversos, Por isso é importante acompanhar os boletins para evitar faltas e possíveis problemas quanto a remarcação.

Caso você constate que não poderá comparecer por um afastamento legal (Férias, Abono, LTSP, LTSPF, LE, LM, LP, entre outros), procure entrar em contato com a Seção (TeleBienal) antes do dia agendado. Desta forma você estará ajudando militares que já passaram por esta situação e estão aguardando surgimento de vagas remanescente.

Caso não tenha atentado para a publicação de convocação em Boletim Geral, envie um processo via SEI, com sua justificativa de falta e aguarde marcação oportuna.

7) Estou preparado para consulta de bienal, mas irei me atrasar quanto ao horário agendado, o que faço?

A BIENAL, bem como outras especialidades da POMED, estão sendo agendadas por horário de chegada, sendo 06 (seis) militares em cada horário (07h45, 8h45, 9h45). A tolerância de atraso é de 30 minutos, ou seja, militares agendados para 07h45 tem, no máximo, até às 08h15 para chegar. Após o período de tolerância, o militar receberá falta nesta consulta e deverá buscar os meios de remarcação.  As vagas dos militares faltosos serão supridas por lista de espera.

8) Por que é importante fazer BIENAL na época certa?

A BIENAL é uma inspeção de saúde completa que garante ao bombeiro militar da ativa a ascensão profissional, bem como a participação em cursos (exceto os que exigem exames específicos). Desta forma, o militar que sempre fizer na época certa, não terá problemas e correrias quanto houver convocações extraordinárias.

9) Bombeiro militar inativo faz BIENAL?

Não. A BIENAL é prevista apenas para bombeiros militares da ativa.

10) Bombeiro com afastamento legal faz BIENAL?

Não, exceto Férias e Abono Anual. Nestes o comparecimento do militar é facultativo. Caso o militar queira, poderá comparecer.

11) Estou de serviço operacional no dia do agendamento da minha BIENAL, o que faço? 

O comparecimento à BIENAL é ato de serviço. Desta forma, informe ao seu quartel que chegará uma pouco após o horário de assunção do serviço, chegue cedo à POMED (mesmo que seu horário seja mais tarde) e informe aos atendentes da triagem da BIENAL para que solicitem atendimento prioritário. Será fornecido também atestado de comparecimento com horário de chegada e saída da POMED.

12) Devo comparecer fardado à BIENAL?

Devido ao atendimento da BIENAL requerer medidas antropométricas (peso, circunferência abdominal, entre outros), decidiu-se tornar facultativo o uso de uniforme, atentando que, sempre que possível, o militar deverá comparecer com uniforme de Educação Física. 

Não serão atendidos militares usando shorts, bermudas, camisetas regatas e chinelos.

13) Estou com sintomas de gripe, vou para a consulta da BIENAL aproveitar para falar com o médico sobre isso, é possível?

Não. Só devem comparecer à BIENAL militares sem qualquer sintoma que possa remeter à COVID-19. Se você está com dor de cabeça, febre, tosse, espirro frequente, coriza, obstrução nasal, dor de garganta, sem paladar, sem olfato, com diarreia, náuseas, dor no peito, falta de ar, fadiga, fraqueza, dores no corpo, entre em contato com o TeleCovid –  (61) 9 9220 4492 todos os dias das 08h às 12h e de 13h30 às 17h30.

CENTRO DE ASSISTÊNCIA

1) O que é a SASMO?

É Seção de Assistência à Saúde Mental e Ocupacional do Centro de Assistência Bombeiro Militar, que oferece serviços de cuidado à saúde mental e ocupacional da família bombeiro-militar.

2) Quem são os profissionais que trabalham na SASMO

A equipe é composta por Oficiais Complementares e Médicos nas seguintes especialidades: Psicologia Clínica, Psicologia Organizacional, Serviço Social e Psiquiatria.

3) Quem pode ter acesso aos serviços da SASMO?

Militares (ativos e inativos), dependentes legais e pensionistas.

4) A SASMO faz atendimento de urgência?

Não; os atendimentos clínicos são feitos somente por agendamento. Para atendimento de urgência, o paciente deverá acessar a rede credenciada.

5) Como agendar consulta de psicologia, psiquiatria ou serviço social no CEABM?

Os agendamentos são feitos por meio do telefone: 3901-3630. Horário de funcionamento: 08h às 18h.

6) Preciso de encaminhamento médico para ser atendido pela psicologia, psiquiatria ou serviço social no CEABM?

Não, os atendimentos são agendados por demanda espontânea.

7) O atendimento clínico no Centro de Assistência é confidencial?

Sim; os profissionais da equipe técnica da SASMO respondem pelas normas e regulamentações dos órgãos que fiscalizam o exercício de suas profissões (Psicologia, Serviço Social e Medicina), sobretudo no que diz respeito ao sigilo profissional. O atendimento clínico, bem como os prontuários de atendimento, são sigilosos.

8) Os atendimentos de saúde mental são feitos somente no CEABM?

Não; os pacientes também podem ser atendidos pelas clínicas da rede credenciada.

9) Quais os serviços disponíveis na rede credenciada?

A rede de clínicas credenciadas oferece consultas de psicologia e psiquiatria para diagnóstico e tratamento, bem como internação psiquiátrica.

10) Como solicitar atendimento (não emergencial) em clínica credenciada?

A lista de clínicas credenciadas pode ser consultada na Intranet. Para solicitar consulta não-emergencial, o usuário deverá abrir um pedido no sistema INOVA e aguardar a liberação de guia de atendimento ou autorização de ressarcimento. A marcação de dia e horário da consulta deve ser feito em contato telefônico diretamente com a clínica credenciada.

11) Preciso de encaminhamento médico para ser atendido na rede credenciada?

Não é necessário encaminhamento médico; o paciente interessado pode solicitar diretamente no sistema INOVA.,

12) Como saber se o paciente precisa de atendimento emergencial?

Quando houver qualquer alteração de natureza psiquiátrica como agitação psicomotora, violência, suicídio ou risco de suicídio, automutilação, autonegligência severa, intoxicação grave por substância psicoativa, síndrome de abstinência alcoólica (tremor, sudorese, aumento da pressão arterial e frequência cardíaca, alucinações, convulsões, coma) em que existe um risco significativo (de morte ou dano grave) para o paciente ou para terceiros, demandando uma intervenção terapêutica imediata.

13) O que fazer em casos de emergência?

Pacientes que necessitem de atendimento imediato devem ser encaminhados diretamente a um hospital ou a uma clínica de internação psiquiátrica da rede credenciada para atendimento de urgência, sem necessidade de autorização prévia.

14) Toda internação psiquiátrica é involuntária?

Não. De acordo com as políticas atuais que regem os serviços de internação psiquiátrica, as internações devem ser preferencialmente voluntárias. Em casos específicos a internação poderá ser involuntária, como por exemplo: casos em que a pessoa que está sendo internada é incapaz de decidir sobre o seu próprio tratamento, quadros psicóticos, menores de idade, pessoas civilmente interditadas, intenção suicida na qual o paciente não aceita ajuda, dentre outros.

15) Quem pode solicitar uma internação involuntária?

De acordo com a legislação, a internação involuntária pode ser solicitada por familiar ou responsável legal do paciente.

16) O Centro de Assistência oferece outros serviços além dos atendimentos clínicos individuais?

Sim. Oferece serviços de assistência religiosa por meio da Capelania Católica e Capelania Evangélica; oferece também programas de prevenção e intervenção em saúde mental por meio da SASMO, como:

  • Programa de Prevenção e Manejo do Estresse
  • Programa Viva Melhor
  • Programa PREPARAR
  • Programa de Atenção à Dependência Química
  • Programa de Tratamento do Tabagismo
  • Planejamento Familiar
  • Programa de Obesidade

CENTRO DE PERÍCIAS MÉDICAS – CPMED

1) O que é o Centro de Perícias Médicas?

É uma unidade subordinada à DISAU, responsável por todas as avaliações médico-periciais do CBMDF.

Também atua na área de Saúde Ocupacional e Medicina do Trabalho, promovendo ações com objetivo de prevenir acidentes de serviço e doenças ocupacionais.

2) Como homologar um atestado?

O atestado médico, odontológico ou psicológico deve ser encaminhado pelo sistema Inova através da opção: “Saúde – Averbação Atestado de Licença Medica – LTSP, LTSPF, VAF e LM”.

Após a análise do caso, o médico perito dará o seu parecer. Em algumas situações, ele poderá convocar o militar para exame ou solicitar que forneça documentação adicional para esclarecimento do caso.

3) Preciso homologar o atestado de comparecimento?

Não. O atestado de comparecimento deve ser apresentado para a chefia imediata, sem necessidade de homologação pelo CPMED.

4) Preciso marcar horário para ser atendido?

Os atendimentos da JISC são realizados com horário marcado.

Já inspeções pelo médico perito são por livre demanda nos horários de funcionamento do CPMED.

5) Qual o prazo para apresentar um atestado para homologação?

Os atestados devem ser apresentados para homologação em até 48 horas úteis a contar de sua emissão pelo médico assistente.

Atestados enviados após este prazo não serão homologados pelo CPMED, devendo ser apresentados diretamente para a chefia imediata do militar que decidirá sobre o pleito.

6) Como fico sabendo se meu atestado foi homologado?

O resultado é informado pelo médico perito ao final do atendimento e posteriormente através de publicação em Boletim Geral.

A OBM do militar também pode consultar, por meio de sistema eletrônico, o tipo e o intervalo de afastamento, sem o conhecimento dos detalhes do quadro de saúde.

7) Como fico sabendo o resultado da avaliação da JISC?

Os resultados das inspeções da JISC são publicados em Boletim Geral.

8) Como proceder em caso de prorrogação do afastamento médico?

O militar deverá fazer nova solicitação para homologação pelo sistema Inova. Nestes casos, além do atestado, é recomendado a inclusão de um relatório do médico assistente explicando os motivos da prorrogação e o prognóstico do quadro.

9) Como devo proceder para homologar um atestado se estiver internado?

Deve aguardar o momento da alta hospitalar para que seja confeccionado o atestado com data atualizada, relatando o período em que esteve internado e se há necessidade de mais dias de afastamento.

Este atestado deve ser encaminhado ao CPMED em até 48 horas úteis pelo sistema Inova.

10) O que fazer em caso de dificuldade de locomoção?

Atualmente a solicitação de homologação é feita remotamente pelo sistema Inova. Não há necessidade de deslocamento.

Caso o médico perito entenda que é necessária a avaliação presencial, esta poderá ser feita em período oportuno no CPMED ou no domicílio do militar.

11) Posso apresentar cópia do atestado médico?

Deve apresentar a cópia digital perfeitamente legível pelo sistema Inova e guardar o original para futura conferência, a critério do CPMED.

12) O médico perito pode me examinar?

Sim, o exame físico faz parte da avaliação pericial. A diferença é que o problema de saúde apresentado não pode ser tratado pelo médico perito, somente pelo médico assistente.

13) O médico perito pode não conceder a licença solicitada pelo meu médico assistente?

De acordo com o Código de Ética Médica e o Conselho Federal de Medicina, o médico perito pode, após avaliação do periciado, decidir por acatar ou não o atestado médico emitido pelo médico assistente.

O médico assistente deve fornecer ao médico perito do CBMDF todas as informações sobre o diagnóstico e tratamento da doença mas não deve fazer juízo em relação à conduta pericial ou determinar incapacidades laborais. Determinar o impacto da doença na condição de trabalho é função do médico perito.

14) Posso retornar ao trabalho durante minha licença médica?

Caso o militar apresente melhora do seu quadro de saúde, pode solicitar a retratação do restante da licença, bastando apresentar-se para inspeção do médico perito nos horários de funcionamento do Centro de Perícias.

Em caso de LTSPF, caso a assistência ao familiar se torne desnecessária, deverá o militar comunicar o fato ao CPMED para retratação de sua licença.

15) Qual a documentação necessária para LTSPF – Licença para Tratamento de Saúde de Pessoa da Família?

Atestado médico em nome do militar constando o CID de acompanhamento e o intervalo de tempo necessário. Relatório descrevendo o quadro clínico e comprovando a necessidade de acompanhamento da pessoa da família.

16) Quais os familiares que podem ser acompanhados legalmente pelo militar através de LTSPF?

I – o cônjuge, companheiro ou companheira; 

II – os pais, o padrasto e a madrasta;

III – os filhos e os enteados; 

IV – a pessoa sob guarda ou tutela judicial até 21 anos de idade ou até 24 anos de idade, se estudante universitário, ou, se inválido, enquanto durar a invalidez; 

V – pessoa que vive as suas expensas (desde que seja reconhecida como dependente na Corporação).

17) Gravidez: como informar e solicitar regime diferenciado de trabalho?

A militar gestante tem direito ao trabalho com restrições de situações que possam colocar sua vida e a de seu filho em risco.

Para isso, deve solicitar avaliação pericial pelo Inova, anexando os exames confirmatórios da gestação (teste de sangue ou ultrassom), para que possa passar à condição de aptidão com restrição para atividades de risco.

18) Em que legislação há previsão dos acidentes com militar em serviço?

No âmbito do CBMDF, os acidentes com militar em serviço estão regidos por:

  • Instruções Reguladoras dos Documentos Sanitários de Origem, aprovadas pelo Decreto nº 38.090 de 28 de março de 2017, publicado no BG nº 073 de 17 de abril de 2017;
  • Portaria nº 04/2008, publicada no BG nº 39/2008.

19) Em que situação o acidente em serviço com militar deve ser comunicado?

Quando ocorrer acidente com militar em que se verifique a relação de causa e efeito com ato de serviço.

20) Quem deve comunicar o acidente em serviço com militar?

O militar mais antigo que estiver de serviço e presenciar o fato, excluído o próprio acidentado, aplicando-se o regramento ao Comandante de Socorro, ao Chefe da Guarnição ou, na falta desses, ao Chefe imediato do militar acidentado, assim que tomar conhecimento do fato.

21) Como deve ser comunicado o acidente em serviço com militar?

A comunicação do acidente deve ser efetuada por escrito, conforme o formulário “Memorando de Comunicação de Acidente em Serviço”, estabelecido na Corporação conforme processo SEI nº 00053-00001676/2018-97, publicado no BG nº 121, de 27 de junho de 2018, tramitado em caráter de urgência.

22) Em que momento deve ser comunicado o acidente em serviço com militar?

O militar mais antigo que estiver de serviço e presenciar o fato, no dia da ocorrência do acidente, deve comunicar o ocorrido ao Chefe, Diretor, Comandante da OBM de origem ou responsável pelo militar acidentado.

O Chefe, Diretor ou Comandante da OBM de origem do militar acidentado ou sob sua responsabilidade deverá encaminhar o documento de Comunicação de Acidente em Serviço ao Centro de Perícias Médicas – CPMED, em até 2 (dois) dias úteis, após o acidente, via SEI-GDF.

23) É obrigatório o uso de uniforme durante a permanência no CPMED?

Dependentes e militares em vigência de afastamento médico deverão estar devidamente trajados, portando as vestimentas adequadas para o trânsito dentro de um quartel militar, sendo proibido o uso de short ou bermuda, decotes, camiseta regata ou cavada e chinelo.

Deverão estar devidamente uniformizados nas inspeções consideradas como ato de serviço: promoção, cursos e bienal.

24) Posso ser inspecionado portanto arma de fogo?

Não. É proibido que os usuários do CPMED adentrem e permaneçam nas dependências do Centro portando armas de fogo ou qualquer outro tipo de armamento.

POLICLÍNICA MÉDICA POMED

1) Como faço para marcar consultas na Policlínica do CBMDF?

1º – Fazer cadastro no site:  https://pomed.cbm.df.gov.br/sistemas/diretoriadesaude/a/externo/index.php?parte=cadastro&pag=1

( pule esta etapa se você já é cadastrado)

2º – Após o cadastro o usuário deverá inserir no campo de Login, a matrícula SIAPE e, em seguida, a senha cadastrada.

3º – Escolher a especialidade médica de acordo com os grupos: clínico, cirúrgico, pediatria ou ginecologia.

4º – Dentro destes grupos, escolher o nome do Médico que deseja marcar a consulta.

5º – Observar no calendário a sua direita a data em cor mais clara. Este sinal significa vaga disponível ou futuramente disponível.

6º – Clicar na data em cor laranja clara.

7º – Escolher o nome do paciente que irá consultar. Clique em “agendar consulta” ao lado do nome (botão cinza logo a direita e um pouco abaixo).

8º – Aguarde uns instantes e escolha o horário da consulta.

9 º Ao finalizar a marcação seu nome permanecerá destacado na cor laranja.

Observação: a marcação acontece às 8h e as vagas disponibilizadas são sempre para as consultas da semana seguinte.

2) Como faço para desmarcar consulta?

1º Entre no site da POMED e vá até a agenda médica do dia de sua consulta.

2º – Seu nome está em cor laranja claro, logo à frente clique no botão “cancelar”.

3º – Escreva o motivo do cancelamento e em seguida clique excluir.

Observação: as consultas só podem ser canceladas com antecedência mínima de um dia.

Por exemplo: se sua consulta está agendada para o dia 06/05 às 15:30h, você tem até às 23:59h do dia 05/05 para desmarca o agendamento.

3) Como posso acompanhar as vagas disponíveis?

Os dias que serão disponibilizados para a marcação de consultas estão destacados na cor laranja clara.

4) Existem vagas remanescentes para marcação de consulta?

Sim. As vagas são disponibilizadas sempre às 8h do dia correspondente a semana seguinte. Por exemplo se desejo marcar uma consulta para quinta-feira devo entrar no site da POMED na quinta-feira anterior. No entanto, se a agenda médica não for preenchida neste dia, haverá vaga disponível nos dias seguintes até a complementação da referida agenda.

5) Onde encontro a lista de hospitais e clínicas credenciadas ao CBMDF?

Você pode clicar no link: https://sistemas3.cbm.df.gov.br/frontend/convenios

Observação: é necessário inserir novamente CPF e Senha.

6) Como obtenho informações sobre serviços odontológicos?

Você pode ligar na PODON 3901 3582.

Observação: os serviços odontológicos são independentes dos serviços prestados na Policlínica Médica do CBMDF. Portanto em caso de mais dúvidas procure a Policlínica Odontológica, que fica no prédio vizinho a POMED.

7) Quais os exames são realizados no setor de Endoscopia?

 Exame de endoscopia digestiva alta e colonoscopia.

8) Como realizar a marcação desses exames?

 Por meio de pedido médico o qual deve ser inserido no sistema Inova do site do CBMDF.

9) Qual o preparo para esses exames?

Existem preparos específicos para cada tipo de exame e também de acordo com o turno em que o exame será realizado (matutino ou vespertino). Assim, o preparo será enviado para os pacientes após o agendamento do exame com todas as orientações devidas.

 10) É necessário estar acompanhado no comparecimento para a realização desses exames?

Sim; é obrigatória a presença de um acompanhante maior de idade e capaz de conduzir o paciente até ao seu domicílio.

 11) Como é realizado a marcação de consulta na gastroenterologia ou proctologia após a realização desses exames?

O retorno poderá ser agendado pelo próprio médico assistente no exame, caso haja vaga disponível, ou através do site da POMED.

12) Como se dá o recebimento do laudo?

O laudo, bem como pedido e frascos de biópsias quando realizados, são entregues no mesmo período em que o paciente está realizando o exame.

POMED – AMBULATÓRIO

1) Na POMED  acontece atendimento de urgência/emergência?

Não, as consultas são ambulatoriais pré-agendadas. Atendimento de urgência/emergência é realizado na rede conveniada.

2) Quais as especialidades contempladas na POMED?

Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Clínica Médica, Coloproctologia, Endocrinologia, Fisioterapia, Gastroenterologia, Geriatria, Ginecologia, Nutrição, Oftalmologia,  Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Pneumologia, Radiologia, Reumatologia, Urologia.Quais Procedimentos são realizados na POMED?

3) Quais Procedimentos são realizados na POMED?

Cardiologia: Risco Cirúrgico, Eletrocardiograma, Ecocardiograma, Ecodoppler de carótidas e vertebrais, Teste Ergométrico;

Cirurgia Vascular: Ecodoppler arterial e venoso de membros superiores e inferiores, Cirurgia de varizes (na modalidade com preservação de safenas), Escleroterapia convencional, ampliada e com espuma, Tratamento de úlceras venosas;

Coloproctologia: Colonoscopia com suporte anestésico, Ligadura elástica, Cauterização química, Retossigmoidoscopia rígida e flexível;

Endocrinologia: Bioimpedância,  Densitometria Óssea;

Gastroenterologia: Endoscopia digestiva alta, Colonoscopia;

Ginecologia: Colpocitologia, Colposcopia, conização, Inserção e retirada de DIU, Mirena e Implanon, Ninfoplastia;

Oftalmologia: Refração, Tonometria, Fundoscopia, Cirurgia de pterígio;

Otorrinolaringologia: Biópsia e retirada de pólipos e corpos estranhos, Drenagem de abscesso, Tamponamento anterior de epistaxe, Remoção de cerume, Frenulectomia, Reabilitação labiríntica;

 Radiologia: Ecografias, Rx, Tomografia Computadorizada sem contraste;

Urologia: Postectomia, Cirurgia esterilizadora masculina.

4) Que horas comparecer na consulta:

Para evitar aglomeração o usuário deve se apresentar na recepção da POMED 15 minutos antes do horário agendado. As marcações são divididas em 4 (quatro) blocos de 1 hora cada, em cada turno. Dentro desses blocos, são marcados até 3 pacientes. Exemplificando: no bloco das 11 horas da manhã, são marcados 3 pacientes que serão atendidos por ordem de chegada. Portanto, o paciente não será atendido necessariamente na hora exata especificada no bloco de horário. Essa modalidade de atendimento foi escolhida pois, ao contrário da modalidade de horário marcado, caso o paciente se atrase um pouco, ele não perde a consulta. Ou seja, há uma maior flexibilidade para o paciente agendado.

5) Como é feito o retorno para acompanhamento ou mostrar os exames?

Uma nova consulta deve ser agendada.

6) Como consultar em uma especialidade não contemplada na POMED?

Fazer a solicitação da guia de consulta para atendimento na rede conveniada através do site INOVA(https://singular.cbm.df.gov.br/inova/externo).

POMED – CENTRO CIRÚRGICO

1) Quais Procedimentos são realizados no setor de Cirurgia?

São realizadas cirurgias de pequeno porte nas seguintes especialidades:

  • Cirurgia Vascular – Cirurgia de varizes
  • Oftalmologia – Calazio e Pterigio
  • Ginecologia – Ninfoplastia, Cauterização de lesões cervicais, inserção de DIU sob anestesia, Colposcopia
  • Urologia: Vasectomia, Cauterização e retirada de lesões, Postectomia (fimose), Frenuloplastia

 2) Como realizar a marcação dos procedimentos cirúrgicos?

O agendamento é feito pelo próprio médico especialista após o atendimento ambulatorial ou pela equipe de Enfermagem do Centro Cirúrgico após recebimento do pedido médico, respeitando-se critérios de tempo de espera pelo procedimento ou necessidade de urgência no tratamento. 

 3) Qual o preparo para esses procedimentos?

As orientações são dadas no momento da marcação da cirurgia de acordo com o procedimento a ser realizado.

 4) É necessário estar acompanhado no comparecimento para a realização desses procedimentos?

Na maioria das vezes sim, vai depender da cirurgia realizada sendo importante  a presença de um acompanhante na saída da sala operatória.

5) Há previsão de incluir outros procedimentos no rol de cirurgias realizadas na POMED?

Sim, existe um grande número de médicos com formação em especialidades cirúrgicas na Policlínica e para ampliarmos o número de cirurgias estamos solicitando compra de medicamentos e insumos, bem como tentando conseguir mais recursos humanos para viabilizar esses procedimentos. 

 6) Quais são os atendimentos realizados na Enfermaria da POMED?

A Enfermaria da POMED atende os usuários do sistema de saúde do CBMDF por livre demanda assistindo aos que chegam com queixas agudas (dor, mal-estar, síncopes), administrando medicamentos (de acordo com a prescrição médica), verificação de sinais vitais (pressão arterial, saturação de oxigênio, temperatura), preparação para procedimentos realizados na POMED e orientações a respeito das atividades realizadas no âmbito da POMED.

7) Há necessidade para marcação para administração de medicamentos endovenosos?

Não há necessidade de marcação. Algumas medicações necessitam de tempo mínimo de administração e repouso pós uso. O usuário permanecerá em observação na unidade nesse período.

8) Preciso comprar os medicamentos a serem administrados?

A Enfermaria tem estoque de algumas medicações que são mais comumente prescritas, para outras medicações não há estoque. Para saber se há a necessidade de compra é preciso entrar em contato com a equipe.

 9) É possível agendamento de procedimentos de enfermagem?

O atendimento é livre demanda, todavia, visando a comodidade dos usuários, é possível o agendamento de procedimentos de enfermagem. Para realizar o agendamento é necessário o comparecimento prévio à Enfermaria.

POMED – FISIOTERAPIA

PARA TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO 

1) Como realizar marcação de consulta para tratamento fisioterápico?

  • Para atendimento na POMED no setor de fisioterapia –  deverá ser marcada avaliação por meio de triagem, pelo site da POMED, na aba FISIOTERAPIA.
  • Triagem Fisio Geral. O primeiro atendimento é realizado por meio de  chamada telefônica, não precisando o paciente se deslocar até o local. Após avaliação e orientação pelo (a)  profissional  fisioterapeuta na triagem e havendo vaga, o paciente é encaminhado para o tratamento fisioterápico. Caso não haja vaga de imediato, o paciente será incluído em lista de espera e será chamado para iniciar tratamento assim que a vaga surgir.
  • ​Para atendimento Pós-COVID-19, deverá ser marcada avaliação por meio de triagem, pelo site da POMED, na aba Fisioterapia, Triagem Fisio Pós-COVID-19. O primeiro atendimento é realizado por meio de  chamada de vídeo, não precisando o paciente se deslocar até o local. Após avaliação da triagem e havendo vaga, o paciente é encaminhado para o tratamento. Caso não haja vaga de imediato, o paciente será incluído em lista de espera e será chamado para iniciar tratamento assim que a vaga surgir.
  • A Aba Triagem Fisio Pós COVID-19 É DESTINADA somente a pacientes que tiver a infecção pelo corona vírus e apresentam sequelas.Pacientes que desejam atendimento para outra área da fisioterapia não deverão marcar triagem nesse campo, devendo marcar na aba Triagem “Fisio Geral”.
  • Para as clínicas credenciadas –  por meio de pedido médico o qual deve ser feita solicitação de guia de atendimento, inserindo o pedido e os dados do paciente pelo sistema INOVA no site do CBMDF.
  • Para atendimento Domiciliar (Home Care) –  por meio de pedido médico o qual deve ser feita solicitação de guia de atendimento, inserindo o pedido e os dados do paciente pelo sistema INOVA no site do CBMDF, que seguirá para autorização da  auditoria.

2) Existem atendimentos prioritários na SEFRO?

Sim. Pacientes pós-operatórios, casos de traumas (fraturas, entorses e etc), alunos em curso de formação e especialização, pacientes encaminhados pela JISC com relatório,  pacientes Pós-COVID-19 oriundo de internação em UTI e pacientes que necessitam de atendimento domiciliar (Home Care).

 3) Quais as especialidades atendidas?

 Fisioterapia traumato-ortopédica, Fisioterapia Cardiorrespiratória, Práticas Preventivas em cursos de formação, RPG, Pilates, osteopatia e massoterapia. 

4) Quanto tempo leva para  o paciente ser avaliado na triagem?

Depende da disponibilidade de vaga e da demanda no período. 

 5) Após a triagem qual a previsão  para o paciente ser atendido no setor?

Depende da disponibilidade de vaga e da demanda no período. 

 6) O que devo ter em mãos para a primeira consulta ou triagem?

O paciente deve ter em mãos o pedido médico e os exames relacionados à queixa ou à lesão. O paciente deve ainda manter o número de telefone atualizado no sistema da POMED e ficar atento ao dia e hora marcados para não perder a ligação.

 7) Qual o vestuário adequado para realizar o tratamento fisioterápico?

O paciente deverá se apresentar para o atendimento com roupas leves que propiciem o conforto para a realização de exercícios e a amplitude de movimentos, de modo que estes vestuários serão permitidos somente durante o atendimento. Para o atendimento de hidroterapia, maiô e short ou sunga de banho.

 8) Onde encontro a lista de hospitais e clínicas credenciadas  para os serviços de fisioterapia do CBMDF?

Você pode clicar no link: https://sistemas3.cbm.df.gov.br/frontend/convenios .

Observação: é necessário inserir novamente CPF e Senha.

 9) O atendimento nas clínicas credenciadas é somente por ressarcimento?

Não. Atualmente os serviços de fisioterapia são realizados nas clínicas credenciadas por meio da guia de autorização e somente  alguns  procedimentos são autorizados por ressarcimento, como acupuntura e pilates, ou procedimentos que não constam no Edital de credenciamento  que são encaminhados à auditoria.

PARA  RESSARCIMENTO 

 1) Quais  os documentos necessários para dar entrada no requerimento de ressarcimento via INOVA no site do CBMDF?

  • Autorização inicial para ressarcimento, com data anterior ao 1º atendimento na clínica, ou seja, anterior ao início do tratamento;
  • Pedido médico (Com papel timbrado, datado e carimbo do médico com CRM legível), com validade de (30) trinta dias após sua emissão;
  • Requerimento preenchido;
  • Nota Fiscal em nome do Titular ou do paciente (mesmo que não seja o titular) ou Recibo autônomo constando CPF do profissional e nº de inscrição no Conselho. O procedimento descrito na nota fiscal deve ser o mesmo requerido no pedido médico;
  • Relatório de frequência: O relatório deve conter o procedimento realizado na clínica, que deve ser o mesmo solicitado no pedido médico datas de todas as sessões, inclusive avaliação (se houver), assinaturas do fisioterapeuta e do paciente;
  • O requerente deve se atentar para anexar os quatro  documentos obrigatórios, evitando anexar documentos de outras terapias, tratamentos anteriores, pedidos médicos sem data, documentos anexados em duplicidades, bem como somente enviar o requerimento após conferir  se a documentação anexada está correta;
  • Para cada tratamento deve ser aberto um novo processo de ressarcimento. O paciente não deve colocar no mesmo processo de ressarcimento mais de uma  modalidade de tratamento. 

 2) Qual a validade da  guia de autorização inicial (ressarcimento ou credenciamento) para tratamento fisioterápico?

Validade da autorização: 60 dias para que se inicie o tratamento.

 3) Qual o prazo máximo para pedir o ressarcimento em procedimentos de fisioterapia?

Até 05 anos.

 4) Tratamentos em clínicas fora do DF são passíveis de ressarcimento?

Não. São passíveis de ressarcimento apenas atendimentos realizados no DF.

 5) Quanto tempo leva para o ressarcimento ser efetuado após o requerimento?

Depende da quantidade de processos a serem auditados.

PARA ORIENTAÇÕES GERAIS

1) Como obter informações sobre os serviços de fisioterapia?

AS ORIENTAÇÕES PREVENTIVAS E OS SERVIÇOS DA SEFRO ESTÃO DISPONIBILIZADOS  PARA OS NOSSOS USUÁRIOS E PACIENTES POR MEIO DE TUTORIAIS NO  PERFIL DO INSTAGRAM @SEFRO_CBMDF, PODENDO  SER ACESSADO NO SITE DA SAÚDE DO CBMDF OU PELO TELEFONE: 3901-6060.

POMED – LABORATÓRIO

1) Qual o horário de funcionamento do Laboratório?

O Laboratório funciona de 2ª a 6ª feira, das 7h às 18h, sendo que as coletas de sangue e entrega de material biológico ocorrem das 7h às 11h.

 2) O que é necessário para ser atendido pelo Laboratório?

Para ser atendido pelo Laboratório o paciente (militar, dependente ou pensionista) precisa apresentar um pedido de exames laboratoriais (sangue, fezes e/ou urina) prescritos por um profissional habilitado e documento de identificação com foto (para crianças, certidão de nascimento e identidade dos pais), afim de realizar o agendamento do seu exame. Nessa ocasião, o paciente será orientado quanto ao preparo ideal para a coleta, que pode envolver jejum e abstinências específicas. 

 3) Moro longe da POMED e gostaria de realizar meus exames em um local mais próximo, como proceder?

O Laboratório possui postos avançados de coleta de sangue localizados em 3 (três) regiões diferentes do DF, que funcionam em dias específicos da semana, das 7h às 9h, a saber:

* Ceilândia (APROS, ao lado do 8º GBM) – 2ª feira e 4ª feira;

* Gama (Seção de Hidrantes) – 5ª feira;

* Sobradinho (temporariamente desativado – em fase de reestruturação) – 3ª feira.

Nos postos avançados de coleta não são realizados exames que exijam repouso (dosagem de cortisol e curva glicêmica) e swab nasal para detecção de antígenos de SARS-CoV2.

 4) Como faço em relação aos exames não realizados no Laboratório da POMED?

Exames que não constam no rol de procedimentos do Laboratório são encaminhados para realização na rede conveniada, por meio de credenciamento ou ressarcimento (a depender da determinação da DISAU vigente no momento). Para isso, é necessário apresentar o pedido de exames na recepção do Laboratório (ou via whatsapp – 98365-0219) para análise. Alguns exames específicos necessitam de relatório médico justificando a prescrição dos mesmos, que devem ser encaminhados pelo paciente para análise preliminar da Auditoria de serviços de saúde da DISAU por meio do sistema INOVA (anexar o pedido de exames, relatório médico e documento específico emitido pelo Laboratório à opção “Ressarcimento de procedimentos de saúde”).

 5) O Laboratório realiza exames citológicos (biópsias, prevenção ginecológica)?

Não, o Laboratório realiza apenas exames de análises clínicas. Exames de patologia clínica (como os exames citológicos) são encaminhados para realização na rede conveniada, por meio de credenciamento ou ressarcimento (a depender da determinação da DISAU vigente no momento).

 6) Tenho um paciente acamado ou com dificuldade de locomoção até a POMED e aos postos avançados de coleta, como conseguiria ser atendido pelo Laboratório?

O Laboratório dispõe de um serviço de coleta domiciliar, destinado aos paciente que apresentam dificuldade de locomoção até a POMED ou aos postos avançados de coleta em virtude da condição clínica.  Para ser atendido em domicílio, é necessário entrar em contato com o Laboratório (via whatsapp ou pelo e-mail laboratoriocbmdf@gmail.com), encaminhando o pedido de exames junto com relatório médico atestando a condição clínica que dificulta a locomoção, e verificar a disponibilidade da agenda do serviço. 

 7) Esqueci meu documento de identidade, posso ser atendido pelo Laboratório?

Não. A apresentação de documento de identificação pessoal com foto é uma exigência sanitária, que existe para a segurança do próprio paciente. Portanto, a falta de documento inviabiliza o atendimento.

8) Como faço para acessar os resultados dos meus exames?

No momento do cadastro na recepção, o paciente receberá um protocolo contendo chave e senha de acesso aos resultados dos exames. Basta acessar o site do CBMDF (www.cbm.df.gov.br), clicar na aba “Serviços” e, em seguida, “Acessar Sistema” na opção “Exames Laboratoriais”. Os resultados também estão disponíveis no aplicativo Sou CBMDF, no menu Saúde.

9) Perdi meu protocolo e não sei a chave e a senha de acesso aos resultados. Como proceder?

Entre em contato com o Laboratório via whatsapp ou e-mail que o protocolo de atendimento será enviado para o e-mail cadastrado no sistema.

10) Posso pegar os resultados dos exames de outra pessoa da minha família (cônjuge, pais, filhos)?

Os resultados de exames laboratoriais são de caráter confidencial, só podendo ser entregues ao próprio paciente (no caso de menores de idade, entregues somente aos pais ou responsáveis mediante apresentação de documento comprobatório). No caso de extravio do protocolo de atendimento, um novo documento será enviado para o e-mail constante no cadastro do paciente em questão, não sendo entregue a terceiros (mesmo que sejam da mesma família).

POMED – RADIOLOGIA

  • Radiografia
  • Ultrassonografia (Ecografia)
  •  Tomografia Computadorizada sem injeção de meio de contraste
  •  Densitometria Óssea e Infiltração Percutânea guiada por Ultrassonografia, de diversas partes do corpo.

1) Quais os exames são realizados no setor de Radiologia?

 2) Como realizar a marcação desses exames?

Para realização de Radiografias não é necessário marcação, apenas comparecer ao setor, localizado no Térreo da POMED, munido do pedido médico original e matrícula/SIAPE, de segunda a sexta-feira das 08-12h e das 13h30-17h30.

Para os demais exames, o pedido médico deve ser inserido no sistema Inova do site do CBMDF.

3) Qual o preparo para esses exames? Precisa ficar em jejum?

Cada exame tem uma recomendação diferente. No momento do agendamento serão passadas as orientações quanto a jejum e qual o tempo de antecedência é necessário chegar na POMED, por exemplo. QUALQUER DÚVIDA DEVERÁ SER SANADA NO MOMENTO DO AGENDAMENTO.

4) Como se dá o recebimento do laudo?

Os laudos (resultados) dos exames estão disponíveis na Radiologia da POMED para entrega de 5-30 dias após a realização do exame, dependendo do método utilizado.

Os laudos das ultrassonografias são entregues logo após a realização do exame.

5) Há realização de exames com urgência na Radiologia da POMED?

Sim; hoje dispomos de vagas para pacientes suspeitos/confirmados de infecção pelo COVID-19, encaminhados ao nosso serviço após atendimento por algum médico do nosso corpo clínico (preferencialmente via TELECOVID).

Há ainda previsão de vagas nas agendas de Ultrassonografia para os exames que qualquer médico da POMED julgar como urgente.

5) Qual a previsão de melhorias no serviço ofertado pela Radiologia da POMED?

  • Em breve iniciaremos a realização de Tomografia Computadorizada com injeção de meio de contraste.
  • Aumento da oferta de ultrassonografias e tomografias com a chegada de uma nova radiologista ao serviço.

PODON

  1. Em caso de urgência odontológica (Exemplo: dor de dente, fratura dentária, provisório caiu), o que fazer?

A Policlínica Odontológica (PODON) oferece pronto-atendimento de segunda-feira à sexta-feira, de 8h às 12h e de 13h30 às 17h30.

2. Quero agendar uma consulta odontológica eletiva. Qual o dia de agendamento?

Às sextas-feiras, das 17h às 19h. (O agendamento será para vagas da semana seguinte)

 3. Onde faço o agendamento de tratamento odontológico?

O agendamento é realizado por meio do site ou aplicativo “SouCBMDF”.

Após login, acessar as abas: “Gestão de Saúde” > “Policlínica Odontológica – PODON” > “OdontoWeb”.

 4 Acessei o Odontoweb pelo aplicativo/site SouCBMDF. O que devo fazer agora?

Selecionar o paciente para o qual se deseja atendimento.

 5 O horário da inscrição dos pacientes interfere na classificação final?

Não. A solicitação de vaga não depende de velocidade de acesso. Todos os usuários inscritos durante o período das 17h às 19h de sexta-feira serão registrados, independentemente do número de vagas disponíveis e da ordem de inscrição, para posteriormente serem classificados.

 6. Posso solicitar vagas para quantos pacientes?

A cada marcação, o sistema permitirá solicitar vaga para 1 (um) usuário por matrícula SIAPE.

7. Solicitei vaga para um usuário e resolvi desistir da solicitação ou mudar o paciente. Posso cancelar a solicitação?

Durante o prazo de inscrição para solicitação da vaga (sexta-feira de 17h às 19h) é possível cancelar a solicitação de vaga e selecionar outro paciente.

 8. Quais as especialidades disponíveis para agendamento?

Todos os pacientes ingressam na Especialidade Clínica Geral quando maiores de 12 anos ou Especialidade Odontopediatria quando ainda não completaram 12 anos de idade.

Os encaminhamentos internos para outras especialidades disponíveis na PODON serão realizados a critério dos cirurgiões-dentistas da PODON desde que não haja falta.

 9. Fiz a solicitação de vaga. Como e quando saber se fui classificado (a)?

À partir de 19h05 será disponibilizada a classificação das solicitações de vagas registradas. É preciso acessar o aplicativo/site do SouCBMDF. Os classificados receberão e-mail e também mensagem no site/aplicativo SouCBMDF. É interessante que quem tenha o aplicativo Sou CBMDF ative o recebimento de notificações para facilitar o recebimento das mensagens.

 10. Qual o critério adotado para classificação das solicitações de vagas na PODON?

O principal critério é o tempo desde o último agendamento via Odontoweb ou falta registrada na PODON de quaisquer dos usuários da matrícula do militar. (A cada 30 dias conta-se 1 ponto até o limite de 24 pontos). Quanto maior o tempo, maior a pontuação no processo de classificação. (Não serão consideradas consultas de urgência, de inspeção de saúde odontológica ou de perícia odontológica).

11. Em caso de igualdade de pontuação, quais os critérios de desempate?

– Número de tentativas de marcação via Odontoweb dentro da pontuação acumulada até o dia do evento. Terão prioridade os usuários classificados com o maior número de tentativas recentes. O número de tentativas é reiniciado a cada mudança na pontuação.

– Data do último atendimento realizado – serão selecionados os usuários com maior o tempo desde o último atendimento odontológico na PODON;

– Data de ingresso do militar no CBMDF – terão prioridade os usuários sob matrícula de militares com datas de inclusão mais antigas, independentemente de posto ou graduação;

– Data de nascimento do titular – terão prioridade os usuários sob matrícula de militares mais velhos.

12. Recebi o e-mail, mensagem/notificação no Sou CBMDF que fui classificado(a). Já estou agendado (a)?

Não. É preciso acessar o aplicativo/site do SouCBMDF novamente e escolher o profissional/data/horário de agendamento dentre as opções ofertadas pelo sistema.

 13. Existe a possibilidade de transferência da vaga para outra pessoa?

Não.  Após a classificação, a vaga será destinada ao usuário selecionado inicialmente

14. Posso remarcar a primeira consulta?

Não. A primeira consulta não poderá ser remarcada. Dessa forma, a escolha do horário deve ocorrer de forma criteriosa. Se não houver possibilidade de comparecimento em nenhuma das vagas disponibilizadas, não realize o agendamento. O cancelamento da solicitação permitirá que este horário seja disponibilizado a outro paciente. Além disso, haverá manutenção da pontuação do usuário sem agendamento de atendimento para que tente marcação em outro dia.

 15. Há um horário limite para o agendamento depois de ter sido classificado?

Sim. O horário limite para o agendamento é até as 23h59 do domingo subsequente à marcação.

16. Após a primeira consulta, é necessário fazer uma nova marcação no sistema SouCBMDF?

Não. Após o primeiro atendimento, o paciente terá as próximas consultas reagendadas a critério dos cirurgiões-dentistas até o final do tratamento disponibilizado na PODON, desde que não haja falta.

17. As consultas de retorno poderão ser desmarcadas e reagendadas?

Sim. As consultas de retorno poderão ser reagendas com antecedência mínima de 24 horas no telefone 3901-3582.

18. Como obter mais informações sobre a marcação de consultas na PODON?

Para mais informações, acesse o BG 077, de 26 de abril de 2021, ou ligue 3901-3582.

SACOT (SEÇÃO DE EXECUÇÃO DE CONTRATOS)

1)  Quantas e quais são as empresas da área de saúde credenciadas pelo CBMDF?

A quantidade de hospitais, clínicas e laboratórios credenciados pelo CBMDF varia quase que diariamente em razão da adesão de novas empresas ao Edital de Credenciamento 01/2018 e do término da vigência dos contratos que não podem ter suas vigências prorrogadas por força da legislação vigente. A relação de credenciadas de saúde encontra-se disponível no site do CBMDF pelo seguinte link: Relação de credenciadas de saúde

2)  O que fazer em caso de má prestação de serviço por parte de alguma credenciada?

Todos os hospitais, clínicas e laboratórios, ao aderirem ao edital de credenciamento de saúde nº 01/2018 por meio de seus respectivos contratos, possuem obrigações que, uma vez descumpridas, podem resultar na aplicação de penalidades administrativas previstas na legislação vigente. Caso o usuário do sistema de saúde do CBMDF sinta-se prejudicado em algum de seus direitos, deve encaminhar memorando à Diretoria de Saúde relatando detalhadamente todos os fatos e circunstâncias juntando toda a documentação comprobatória (se for o caso) para a devida apuração pela Seção de Acompanhamento de Contratos Continuados da Saúde.

3.  Devo desembolsar alguma quantia para custear atendimento encaminhado por meio de guia de atendimento?

Não. A credenciada está obrigada por força de dispositivo contratual a atender todos os pacientes encaminhados para atendimento por meio de liberação de guia de atendimento. Nenhum usuário deve efetuar pagamentos adicionais para a realização de procedimentos já liberados pelo CBMDF. Caso o faça não terá direito a requerer o ressarcimento da parcela eventualmente paga. Somente nos casos em o atendimento for encaminhado por meio de guia de autorização inicial por ressarcimento, o paciente fará jus ao pagamento efetuado em conformidade com os termos do Edital de Credenciamento nº 01/2018Dúvidas e demais esclarecimento podem dados pela Seção de Acompanhamento de Contratos Continuados da Saúde (SACOT) que atende por meio do telefone 3901-3603 em horário de expediente da Corporação.

SERIN (RESSARCIMENTO)

1) O que é ressarcimento?

Modalidade de atendimento aos usuários do sistema de saúde do CBMDF na qual os procedimentos que não são realizados ou não estão disponíveis na POMED, ou ainda, não estão sendo liberados através de Guia para as clínicas da rede credenciada, são autorizados a serem realizados através da autorização inicial para ressarcimento.

 2) Quais tratamentos, atendimentos ou procedimentos não serão objeto de ressarcimento?

I – aqueles constantes da área de próteses odontológicas , de implantodontia e de prótese parcial fixa;

II – mais de 3 (três) procedimentos de monitoragem fetal;

III – cirurgias estéticas e as cirurgias não aprovadas pela ética médica;

IV – enfermagem de caráter particular;

V – diárias de acompanhamentos para pacientes não classificados como crianças (menores até doze anos) ou idosos;

VI – mamoplastia, sem comprometimento de coluna;

VII – marca-passo, desfibriladores implantáveis, órteses e próteses importados, que tenham similares nacionais;

VIII – óculos e artigos correlatos;

IX – despesas extraordinárias não relacionadas ao tratamento;

X – despesas relacionadas a medicamentos, curativos e vacinas ministradas ou utilizadas fora do regime de internação hospitalar ou, ainda, que tenham sido usados fora do atendimento ambulatorial de urgência ou emergência;

XI – outros procedimentos não listados, considerados pelo serviço médico da Corporação como: os de natureza estética, os não funcionais, os crônicos que tenham atingido um estágio irreversível e que não responde mais aos tratamentos;

XII – tratamentos ou procedimentos não reconhecidos pela respectiva entidade profissional competente;

XIII – atendimentos realizados por organizações de saúde ou profissionais de saúde autônomos conveniados, contratados ou credenciados pela corporação;

 3) Como solicitar o ressarcimento?

  • O usuário do sistema de saúde do CBMDF deverá acessar o Sistema Inova e solicitar a autorização inicial para ressarcimento da consulta, exame ou procedimento desejado, incluindo no sistema o pedido médico do procedimento. Obs: no caso de consultas não é necessário incluir o pedido médico.
  • Após a emissão da autorização inicial de ressarcimento, basta dirigi-se a clínica de sua preferência para realizar o procedimento e solicitar a nota fiscal com descrição do procedimento realizado. Obs: no caso de mais de um procedimento a nota fiscal deve ter a descrição e o valor unitário de cada procedimento realizado.
  • Com a nota fiscal em mãos basta acessar o INOVA e no mesmo processo ao qual solicitou a autorização inicial para ressarcimento e inserir todos os dados referentes a nota fiscal, paciente, dados bancários, scanear a nota fiscal e enviar o processo.

4) Até quanto tempo posso solicitar o ressarcimento?

Até 5 (cinco) anos após a emissão da nota fiscal, preferencialmente dentro do mesmo ano fiscal.

 5) Quem pode solicitar a autorização inicial para ressarcimento?

Militares ativos, inativos, da reserva remunerada e pensionistas. Todos tem acesso ao sistema Inova.

6) Onde vou receber o ressarcimento?

O valor do ressarcimento pode ser depositado em folha de pagamento ou diretamente na conta corrente do titular, esta, informada no formulário do sistema inova na hora do preenchimento dos dados bancários.

 7) Como obter informações sobre o meu processo de ressarcimento?

O usuário pode acompanhar seu processo de ressarcimento diretamente no Sistema Inova, todos os documentos e despachos são acessíveis ao requerente.

 8) Como posso tirar dúvidas sobre o ressarcimento?

Você pode ligar na SERIN 3901 4312

Skip to content